Emprego precário é para quem quer

Desde que comecei no mercado profissional tenho seguido várias notícias sobre emprego e estágios precários em Portugal, vejo muitas queixas e poucas resoluções. Infelizmente a maioria das pessoas são submissas e aceitam este tipo de ofertas, onde trabalham de forma gratuita ou a preço de água, daí existir cada vez mais procura por parte das empresas.

Emprego Precário

Pessoalmente nunca aceitei nenhum estágio profissional, sempre me prometeram mundos e fundos, mas não “engoli” as aldrabisses e só trabalhei com quem realmente me contratou, o que não significa que não tenha sido “explorado”.

Existem boas empresas, dá é mais trabalho

Existem empresas muito boas no mercado, que investem em ti, tornam-te um melhor profissional e te proporcionam uma experiência de vida (pessoal e profissional) também melhor, é preciso é lutar para que elas te aceitem.

Para ter um bom emprego é necessário:

  • Ser uma pessoa humilde/honesta;
  • Ser muito bom a executar as tarefas propostas;
  • Contribuir com disponibilidade e ideias para aumentar o volume de negócios da empresa em questão.

A maioria dos jovens desiste ao primeiro obstáculo

Nem todos somos lutadores e percistentes para lutar por um objetivo, o que faz com que muitos desistam à primeira falha.

Desistir… é uma palavra que não existe no meu vocabulário, já dei tantas quedas e perdi tanto dinheiro nos meus projetos, que se tivesse desistido nunca estaria a viver numa Ilha na Tailândia.

Por isso eu pergunto-te, tens a certeza absoluta que pretendes desistir de ti mesmo? (sim de ti mesmo) O teu sucesso e felicidade só existirá se tu lutares!

Só mais uma coisa para te motivar

Não precisas de ser milionário para viver num país onde a qualidade de vida é mais barata, recentemente fui a uma ilha paradisíaca (Koh Phangan) por um dia e:

  • Duas viagens de barco para a ilha
  • Aluguer de mota + Gasolina
  • Pequeno-almoço num restaurante razoável
  • Café num bar muito cool
  • Almoço + passar de tarde num restaurante de um resort com vista mar (deu para dar unsvalentes mergulhos :P)

Koh Phangan

Em portugal isto seria algo que rondaria os 100-200 euros, mas cá na Tailândia custou-me apenas 25 euros para ter um dia completamente maravilhoso. E melhor! Rodeado de pessoas que pensam da mesma forma e com o mesmo estilo de vida que eu.

Eu lutei e continuo a lutar fortemente por mim, para atingir isto removi duas palavras/ações da minha mente:

  • “Vou desistir”
  • “É difícil”

Faz o mesmo, não desistas de ti próprio!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *